Dermatologista dá dicas sobre pele e os benefícios do filtro solar com cor

Protetor solar com cor protege mais a pele (Crédito: Shana Love Coaching/Nappy)

Uma das melhores soluções para o verão, o protetor solar com cor a cada ano que passa ganha mais espaço no mercado, principalmente pelo fato das marcas estarem investindo no aumento da gama de opções. Vale ressaltar que, além de ajudar na cobertura de manchas e na uniformização da pele, o produto tem uma ação melhor na hora de combater os malefícios do sol.

“Antigamente, os filtros físicos tinham uma textura espessa e de manuseio difícil, o que diminuía a taxa de adesão. Sem contar que deixavam a pele muito branca. Esses filtros atuais protegem mais a pele por terem substâncias como óxido de zinco ou óxido de titânio, que, somados a coloração, ajudam a criar uma barreira no rosto que rebate a ação do raio solar”, explica a dermatologista Nandara Cristina Paiva.

A especialista lembra que a quantidade necessária de protetor na face é equivalente a uma colher de café. Entretanto, entendendo que para algumas pessoas essa quantidade pode deixar a pele com muito produto, ela dá uma dica: “Se a pessoa não conseguir aplicar o suficiente, pode completar o cuidado com pó facial que contenha fator de proteção, principalmente se a pele for oleosa, porque ajuda a dar um acabamento mate. Essa dica do pó serve também na hora de reforçar a proteção ao longo do dia”.

Mas não é só com filtro solar que monta-se uma proteção contra os raios UVA e UVB. A vitamina C também ajuda no combate aos efeitos dos raios solares.

“A vitamina C tem um efeito antioxidante e atua na produção de colágeno, ajudando a reduzir os efeitos do dano solar. O uso deste ativo faz toda a diferença para quem tem algum tipo de mancha crônica, como melasma”, salienta Nandara Cristina Paiva.

A médica faz questão, ainda, de chamar atenção para os cuidados necessários com a alimentação: “Procurar alimentos antioxidantes, ricos em vitamina C, como verduras e legumes, e beber muita água também ajudam na eliminação de toxinas e na proteção de dentro para fora”.

Veja abaixo algumas indicações de protetores solar com cor:

Lídia Michelle Azevedo

Formada em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ, em 2009, já passou pelas redações do Jornal dos Sports, Assessoria de Imprensa do IBDD (Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiencia) Revista Ferroviária, Expresso, Extra, Canal A e atualmente está na assessoria de comunicação da Fundação Cecierj.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: