“Que mané macaco, eu chamei de orangotango”, diz mulher a um homem no Rio

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Jaqueline chamou o homem de orangotango e confirmou na presença da polícia – Foto: Reprodução

Na noite da última segunda-feira (19), uma mulher foi detida e depois liberada, mesmo sendo acusada de racismo contra um homem, no bairro da Lapa (RJ). De acordo com a vítima, Jaqueline da Rocha Silveira, teria chamado o rapaz de “macaco”. O homem resolveu chamar a polícia e, quando os agentes chegaram, Jaqueline enfatizou o crime, registrado em vídeo, e respondeu, “Que mané macaco, nada, eu chamei de orangotango”, afirmou.


Ainda de acordo com a vítima, a acusada foi levada à 5ª DP, foi autuada em flagrante por injúria, pagou fiança de um salário mínimo (equivalente a R$ 1045,00) e foi liberada.
Até o fechamento desta matéria, Jaqueline não havia se pronunciado.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.