Com 52,54% dos votos Jojo Todynho é a campeã de ‘A Fazenda 12’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Jojo Todynho é milionária! A funkeira, de 23 anos, da Zona Oeste do Rio, é a campeã de “A Fazenda 2020” (RecordTV) e leva o prêmio de R$ 1.5 milhão. A moça desbancou o seu maior opositor na casa, o cantor Biel, que ficou em segundo lugar. Stéfani e Lipe Ribeiro, ficaram terceiro e quarto lugar respectivamente.

Para comemorar sua vitória, Jojo, que é evangélica, fez um discurso agradecendo a Deus: “Senhor, mais uma vez, eu quero te agradecer não só por mim, mas por todos que todos aqui, todos são campeões. Senhor, muito obrigada, porque mesmo nas minhas fraquezas você me deu forças. Obrigada, Senhor, por essa estrutura que a Record montou e essa equipe maravilhosa que não aguenta mais ouvir meus resmungos. Eu sou tão vitoriosa quanto você. Que o senhor possa abençoar cada um de vocês, que ele possa fazer morada no coração de vocês

Os internautas comentaram:

No discurso do apresentador Marcos Mion ele ressaltou uma das principais características da cantora, a afetividade: “O povo brasileiro que só tinha ouvido falar daquela funkeira espaçosa, de falar alto, que dá bandão e soco no olho e veio procurar ela aqui na ‘Fazenda’, não achou. O que todos conheceram foi a Jordana, uma menina extremamente madura e carinhosa. Quem diria, Jojo Todynho, carinhosa? Sim e muito“.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.