Banco Afro e Suvinil lançam apoio financeiro a pintores durante a quarentena

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Suvinil apresentou, na última semana, um programa para dar suporte financeiro e de informações a pintores de todo o Brasil em meio à pandemia do novo coronavírus. Em parceria com o Banco Afro, o projeto Pintar o Bem vai selecionar 3.500 profissionais da área para o auxílio de R$ 600 em três parcelas de R$ 200.

Diego Reis, presidente do Banco Afro, ressalta a importância da participação do banco neste projeto. “Essa ação faz todo sentido, até porque a grande maioria dos pintores são negros. Então, para nós, teve tudo a ver com os nossos propósitos e os nossos pilares”, afirma Diego.

Pintores serão os beneficiados pela iniciativa (Foto: Divulgação)

Segundo a empresa, o objetivo do programa é ajudar trabalhadores em situação de mais vulnerabilidade, principalmente, com alimentação e saúde. O cadastro pode ser feito pelo site do programa e, além do apoio financeiro complementar, o beneficiado tem acesso a informações sobre saúde e mercado de trabalho.

As medidas protetivas contra a disseminação do vírus causaram uma recessão econômica, que afetou violentamente os trabalhadores informais e desempregados em todo o Brasil. O resultado mais recente do Ministério da Saúde aponta 43.079 casos confirmados e 2.741 mortes.

O Banco Afro é uma fintech de impacto social e tem como pilares a inclusão e educação financeira, a bancarização das classes C, D e E e a distribuição de renda no Brasil. Ações de solidariedade em meio à pandemia que atinge milhares de pessoas cresce no país, e Diego Reis avalia esse momento.

“O Banco Afro tem em seu DNA o propósito de levar representatividade e acesso aos menos favorecidos através de soluções financeiras e tecnológicas. Acreditamos que, unindo forças, podemos ajudar milhares de pessoas a passarem por essa fase de uma forma menos traumática” afirma.

No site, há um espaço reservado para quem quer apoiar um pintor através de doações. Até o momento, o projeto já arrecadou mais de R$ 1 milhão para apoio à classe.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

8 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.