Movimento Black Money reforça a importância da Black Friday para afroempreendedores

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nos últimos anos, a Black Friday tem sido uma das datas mais importantes para o comércio no Brasil e no mundo e, somente em 2019, segundo dados do Ebit, houve um aumento de 23% nas vendas, em comparação com o ano anterior. Ainda segundo o Ebit, ao todo, foram mais de R $3 bilhões movimentados no período analisado.  

Entre junho de 2019 e junho de 2020, o comercio eletrônico cresceu 110% – Foto: Thirdman/Pexels

Os dados mostram também que, durante a pandemia, as compras pela internet cresceram mais de 110%, entre junho de 2019 e julho de 2020. Porém, onde os afroempreendedores estão inseridos neste contexto? Segundo Alan Soares, fundador do Mercado Black Money, empresas de todos os tamanhos e setores migraram para o digital, desta forma, a Black Friday se tornou, ainda mais, virtual. Além disso, ele ressalta ainda a importância de valorizar o Black Money (consumo dentro da Comunidade) durante o dia de promoções. “O afroempreendedorismo é uma ferramenta de luta e resistência das pessoas pretas na economia. Por isso, precisamos fortalecer os negócios pretos na Black Friday, que é uma data muito importante no calendário do varejo. Somos a maioria da população brasileira e precisamos usar isso a nosso favor. Se o mesmo percentual fosse aplicado nas vendas da black friday, estaríamos falando de mais de R$ 1 bilhão circulando entre os negros”, afirma.

Black Friday e MBM Experience

Para potencializar a prática do Black Money e auxiliar os empreendedores negros à aumentarem suas vendas durante a Black Friday, o Movimento Black Money vai realizar, nos dias 26 e 27 de novembro, a segunda edição do MBM Experience. Um evento que visa pautar o futuro dos negócios em tempos de ESG (Environmental, Social and Governance, na sigla em inglês).

Leia também: Educação antirracista: “No seio familiar a criança aprende a se orgulhar de sua origem”, diz Alan Soares, fundador do MBM

 De acordo com Alan Soares, o evento é um momento onde a comunidade negra poderá ter contato com grandes empresários e lideranças, além de poderem fazer compras, aproveitando as promoções durante a Live Shop. “O MBM Experience é totalmente gratuito e online, é hora de aproveitar o que grandes nomes do varejo têm para falar e colocar em prática. Lembrando que o evento contará com presenças de Rachel Maia , Kondzilla, Luiza Trajano, Theo Van der Loo, “Eliane Dias, Nina Silva, entre outros experts no assunto”, revela. 

Alan ressalta ainda a importância de consumir e indicar empreendedores e empreendedoras negras para potencializar o Black Money. “Se você conhece pessoas pretas e não- negros antirracistas , indique-os para participar do MBMExperience. Além de beneficia-los com uma imersão com mais de 10 horas de conteúdo e entretenimento, você ainda poderá receber prêmios, que vão de e-books a vouchers em apps de transporte”, conclui.

APOIO-SITE-PICPAY

3 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.