Dois jovens negros são mortos pelas costas em Niterói e moradores acusam a polícia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em nova operação da PM, dois jovens negros são mortos. Foto: O São Gonçalo/Arquivo

De acordo com os moradores da Comunidade do Cavalão, em Icaraí, Zona Sul de Niteroi, no último domingo (25), dois jovens negros foram mortos pelas costas por policiais militares. Uma das vítimas era Jonatan Vieira da Silva, que trabalhava como moto táxi. A segunda vítima era Jonatan Vieira da Silva, que segundo testemunhas, possuía envolvimento com tráfico de drogas, mas na ocasião estava desarmado. 

Segundo a irmã de uma das vítimas, Nathalia da Silva, os policiais militares negligenciaram o atendimento aos jovens, o que resultou no óbito de Jonatan. A Polícia Militar, através da assessoria de imprensa, afirma que a equipe do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 12º BPM (Niterói) fazia patrulhamento na região do Túnel Roberto Silveira, próximo a uma das entradas da comunidade, quando foram recebidos a tiros e, segundo a assessoria, revidaram ao ataque, iniciando o confronto.

Em entrevista ao Portal do Notícia Preta, Luciana Barros, integrante da Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Niteroi (SMDH) informou que também houve uma terceira vítima que não foi identificada. A vítima, é um homem que estava fazendo entrega no local, aproveitou a oportunidade para tomar um refrigerante no bar do Wellington, momento em que foi atingido pelos disparos. O rapaz está internado no Hospital Azevedo Lima, em Niterói. 

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) foi acionada e enviou uma equipe de perícia ao local. A especializada registrou e irá investigar o caso. Os armamentos utilizados pela polícia na ocorrência do crime foram apreendidos para análise. 

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Niteroi (SMDH) está acompanhando os familiares das vítimas, para assegurar a versão deles e dos moradores e continuam em diálogo com a Polícia Civil. De acordo com Raphael Costa, titular do órgão, “dialogamos com a Polícia e os Bombeiros para garantir que os jovens fossem identificados e as famílias comunicadas”, declarou.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.