Compositor carioca acusa PM de racismo e agressão

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O cantor e compositor Vinícius Santa Fé acusa um policial militar de racismo e agressão. Segundo ele, na noite da última quarta feira (29), voltava de um aniversário de um amigo com sua esposa, em um Uber, quando o motorista recebeu a ordem de parada por parte da viatura, no viaduto da Penha, zona norte da capital fluminense.

Vini Santa Fé acusa policial de agressão e racismo – Foto: Divulgação

Ainda de acordo com Vini Santa Fé, como é conhecido no meio musical, o motorista parou o veículo e, ao descer do carro, o policial colocou o fuzil no seu rosto. “Quando eu desembarquei do veículo, ele já colocou o fuzil na minha cara. Ele estava meio alterado, parecia estar descontrolado, pedi para abaixar a arma. Me criticou por eu ter bebido, e expliquei para ele que, mesmo eu tendo bebido, ele não poderia colocar um fuzil na minha cara. Eu não estava dirigindo, voltava de um momento de lazer, estava acompanhado da minha mulher, Ana Carolina, que naquela altura já estava chorando desesperada”, afirmou.

Vini relatou ainda que o policial tentou revistar Ana Carolina, mas o músico impediu. De acordo com o compositor, foi neste momento em que o PM deu dois tapas no rosto do rapaz, o algemou, e o levou para a delegacia (22°DP) no camburão. “Eu quero entender o comportamento desse policial. Não tinha ninguém oferecendo risco. Ele deixou todo mundo nervoso, minha esposa em pânico. Não admito ser tratado assim. Acho que ele viu o meu esteriótipo, a cor da minha pele, e achou que pudesse meter a mão na minha cara, e falar comigo da forma que falou”, desabafou.

Aí chegar na delegacia, ainda de acordo com ele, o policial pegou seus documentos para averiguação e pouco tempo depois foi liberado. Vinícius não registrou o boletim de ocorrência na hora, mas iria retornar par fazer o registro. “Ele pegou meus documentos para averiguar e depois me liberou. Eu, com pressa de ir para casa e sair daquela situação, nem pensei em registrar queixa, mas estou voltando lá hoje com a minha advogada”, finalizou.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.