‘Luiz Gama: uma voz pela liberdade’ volta em nova temporada

A temporada 2019 de teatro do Rio de Janeiro ganha mais uma atração. Após o grande sucesso em 2018, a peça “Luiz Gama: uma voz pela liberdade” volta a ficar em cartaz, de 15 de Janeiro a 13 de Fevereiro, no Teatro Municipal Serrador. Os ingressos variam de R$ 40 a R$ 20.

Dirigida por Ricardo Torres, escrita e protagonizada por Deo Garcez, que atua ao lado da atriz Soraia Arnoni, a produção relata a história de um advogado negro que viveu entre 1830 e 1882 e sofreu todas as mazelas de se nascer numa época em que a cor da pele era sinônimo de servidão. Luiz Gama seria apenas mais uma criança com a realidade marcada pela sociedade escravocrata. Mesmo tendo nascido livre, já que seu pai era branco e sua mãe uma escrava alforriada, Gama foi vendido como escravo, aos 10 anos, pelo próprio pai. Mas desafiou o mundo e mudou seu destino. Aprendeu a ler e escrever e, depois, frequentou como ouvinte as aulas da Faculdade de Direito. Como advogado, mesmo sem ter o diploma, atuou em defesa dos negros, libertando mais de 500 escravos do cativeiro ilegal.

Vítima de exclusão histórica, Luiz Gama recebeu em 3 de novembro de 2015, após 133 anos de sua morte, o título de Advogado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Vale ressaltar que neste ano de 2018 Luiz Gama foi oficialmente reconhecido como o Patrono da Abolição da Escravidão do Brasil e também inscrito no Livro dos Heróis da Pátria.

Ainda de acordo com a sinopse, o roteiro convida o público a repensar a realidade histórica de nosso país e permite uma intrínseca reflexão sobre nossos preconceitos contemporâneos preconizados na herança de um passado desigual e opressor.

Serviço:
“Luiz Gama: uma voz pela liberdade”
Teatro Municipal Serrador: Rua Senador Dantas 13, Centro, Rio de Janeiro
Horário: de 15 de Janeiro a 13 de Fevereiro, terças e quartas, às 19h30
Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 30 (CAARJ) e OAB e R$ 20 (meia-entrada) (riocultura.superingresso.com.br)
Classificação livre

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: