Viola Davis recebe 4ª indicação ao Oscar e se torna a mulher negra mais vezes indicada ao prêmio

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Academy of Motion Picture Arts and Sciences anunciou na manhã desta segunda-feira (15), os indicados ao Oscar 2021. Viola Davis foi indicada ao prêmio de melhor atriz por sua interpretação  em Ma Rainey’s Black Bottom- “A voz suprema do Blues”, filme que também rendeu a indicação póstuma de melhor ator para Chadwick Boseman, falecido em agosto de 2020.Com a indicação, Davis, que no filme interpreta a cantora afro-americana conhecida como a “mãe do blues”, Ma Rainey, chega a quatro indicações pela academia e torna-se a mulher negra que mais vezes foi indicada a um Oscar. 

 Em 2017 Davis recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante pela atuação em “Um Limite Entre Nós” e em 2012 chegou a disputar o prêmio de melhor atriz por “Histórias Cruzadas”, quem foi premiada aquele ano foi a atriz Meryl Streep.  Viola foi nomeada pela primeira vez em 2009, na categoria Melhor Atriz Coadjuvante pelo desempenho no filme “Dúvida”.  

mulher negra que mais vezes foi indicada a um Oscar
Foto: Divulgação Netflix

Mulher negra que mais vezes foi indicada ao Oscar

Apesar do destaque em ser a mulher negra mais vezes nomeada ao Oscar, Davis, não defende esse recorte entre as mulheres negras e já se posicionou diversas vezes sobre a ausência de histórias de pessoas negras e personagens negros no audiovisual.

Em 2017, quando ganhou o Emmy por sua personagem, a advogada Annalise Keating, em How to Get Away with Murder, a atriz iniciou seu discurso de agradecimento citando a abolicionista Harriet Tubman: “Na minha mente eu vejo uma linha. E além dessa linha eu vejo campos  verdes, flores lindas e belas mulheres brancas, com seus braços esticados tentando me alcançar além daquela linha, mas eu não me vejo e não sei como chegar lá eu não consigo passar daquela linha”, citou a atriz que destacou em seguida que “a única coisa que separa mulheres de cor (women of color, no discurso em inglês) de qualquer outra pessoa é a oportunidade”. 

A ausência de representatividade de pessoas não-brancas na premiação e a falta de mulheres indicadas em categorias que não sejam exclusivas femininas, rendeu duras críticas a academia na edição de 2020 do Oscar, mas, esse ano não foram notadas muitas diferenças no perfil das indicações.  A diferença talvez seja a categoria Melhor Ator Coadjuvante que reúne três atores negros: Leslie Odom Jr. Pela sua atuação como o cantor de soul Sam Cooke em uma “Uma Noite em Miami” e Daniel Kaluuya e Lakeith Stanfield que atuam em “Judas e o Messias Negro”, filme sobre o partido Panteras Negras nos Estados Unidos. “Judas e o Messias Negro” também foi indicado aos prêmios de Melhor Filme, Melhor Canção Original, Melhor Roteiro Original e Melhor Fotografia. 

A cantora e atriz Andra Day, igualmente, concorre ao prêmio de Melhor Atriz pela atuação no filme Estados Unidos Vs Billie Holiday e “Destacamento Blood”, filme de Spike Lee, que tem Chadwick Boseman no papel principal, concorre apenas na categoria Melhor Trilha Sonora.

Confira a lista completa das indicações:

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.