Um Defeito de Cor será adaptado para supersérie da TV Globo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Por Fernanda de Souza

Em 2021, a Rede Globo vai trazer às telas, em forma de supersérie (ou novela), a adaptação do livro Um Defeito de Cor, da mineira Ana Maria Gonçalves. O livro, foi premiado em 2007 como melhor romance brasileiro pela Casa de Las Americas.

A autora, Ana Maria Gonçalves com o livro premiado em 2007 – Foto: Divulgação Redes Sociais

O impresso conta a história de Kehide, uma menina que foi escravizada junto com a irmã e a avó. Elas foram capturadas em Uidá, colocadas em um navio negreiro que tinha como destino o Brasil.  Ao decorrer da viagem a irmã e avó ficam doentes pela condição degradante do navio e morrem antes mesmo de chegar ao Brasil. Kehide narra toda a sua história desde a infância em Savalú, sua passagem por Uidá, vinda para o Brasil, após ser capturada e a volta para a África e retorno para o Brasil no fim da vida.  

O título do livro é baseado em uma lei colonial onde o negro, para ocupar uma posição de destaque, tinha que abrir mão da sua cor.

A adaptação ficará por conta de Maria Camargo, autora da série Assédio e toda uma equipe renomada, entre eles Paulo Lins, autor de Cidade de Deus. A supervisão será de Nei Lopes, pesquisador da cultura afro-brasileira e teatrólogo.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.