Mulher é acorrentada em passarela do terminal BRT no Rio

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Foto: Reprodução

Uma mulher foi encontrada acorrentada em uma passarela do terminal BRT, no Rio de janeiro, na manhã desta quarta-feira (24). De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, na zona oeste da cidade, Elizete Maria Conceição, 61 anos, relatou que o ex-marido, cuja identidade não foi revelada, foi quem lhe acorrentou no local.

Ela estava muito abalada e não conseguiu explicar o motivo que levou o ex-marido a cometer tal ato. Elizete foi socorrida por uma outra senhora que passava pelo local e chamou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar. De acordo com a Polícia, ela foi socorrida, e não precisou de cuidados médicos.

’Disque Maria da Penha’ será criado no Rio

Neta quarta-feira (24), o Governo do Rio sancionou e publicou no Diário Oficial a Lei 9229/21, que cria o ’Disque Maria da Penha’, com o objetivo de receber denúncias sobre casos de violência e descumprimento de medidas protetivas de urgência vinculadas a Lei Federal 11.340/06 — Lei Maria da Penha. A ideia é que este número exclusivo fique disponível 24 horas por dia para ligações gratuitas e seja mais um meio de oferecer segurança e encorajar mulheres a denunciar.

O número telefônico será disponibilizado em breve. Por ora, as vítimas de violência contra a mulher podem acionar o “Disque 180”

As mulheres negras representam 68% do total das vítimas de feminicídio no Brasil, com uma taxa de mortalidade por 100 mil habitantes de 5,2, quase o dobro em comparação às mulheres não negras, segundo o Atlas da Violência 2020.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.