Família de fotógrafo será indenizada pela foto de Pelé dando soco no ar na Copa de 70

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Após reproduzir a foto de Pelé, de Carlos Orlando, o Estado do Rio de Janeiro e o estádio do Maracanã pagaram indenização a familiares

Por Bruna Rocha

Familiares do falecido fotógrafo Carlos Orlando Abrunhosa receberão R$15 mil, do Estado do Rio de Janeiro após a reprodução da famosa foto do soco no ar de Pelé, na Copa do Mundo de 70. A foto foi capturada no momento de comemoração do gol feito contra a Tchecoslováquia, seguido por Tostão e Jairzinho.

Pelé comemorando Gol contra o Tchecoslováquia, na copa do mundo de 1970 – Foto: Carlos Orlando

Segundo o jornal O Globo, a foto compôs um painel instalado no Museu do Maracanã e não apresentou liberação familiar ou pagamento dos direitos autorais. A foto foi retirada do museu, mas a 8° Câmara Civil decidiu manter o pedido de indenização e os herdeiros também receberam danos morais. 

O pagamento será realizado pelo Estado do Rio de Janeiro e pelo Museu do Maracanã, e terá como base o valor cobrado pelos ingressos de acesso ao local no período de exposição da foto. 

Orlando Abrunhosa morreu em 5 de maio de 2016, aos 75 anos. O fotógrafo, quando pequeno, cogitava ser químico, porém com a influência do irmão, que o levou para TV Manchete, mudou sua opção. Lá, foi laboratorista e aprendeu a fotografar. Acabou contratado pelo jornal “O Dia”. Com o passar do tempo, Orlando consagrou sua carreira como fotojornalista no Brasil.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.