MP-RJ denuncia quatro policiais pela morte de Lucas Azevedo Albino, de 18 anos

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Reprodução / TV Record

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) divulgou, nesta sexta-feira (25), uma nota com detalhes da denúncia contra os quatro policiais militares, acusados de terem executado Lucas Azevedo Albino, de 18 anos, no dia 30 de dezembro de 2018. O jovem foi baleado na cabeça e no ombro em Costa Barros, na Zona Norte do Rio de Janeiro, em 2018.

Os PMs Sérgio Lopes Sobrinho, Bruno Rego Pereira dos Santos, Wilson da Silva Ribeiro e Luiz Henrique Ribeiro Silva foram denunciados pelo crime de homicídio duplamente qualificado, em “ação típica de grupo de extermínio”, sustenta a denúncia.

“Lucas Azevedo Albino permaneceu no local até a abordagem policial, enquanto o condutor, não identificado pelas investigações, conseguiu escapar, seguindo em direção ao Complexo da Pedreira. Logo em seguida, o jovem, ferido e ainda caído, dizia não ser bandido e apelava pela presença da mãe, quando foi abordado pelos PMs, à vista de transeuntes e conduzido para a caçamba da viatura número 52-2505”, argumenta a denúncia.

Leia também: Jovem grávida é baleada e morta durante operação policial no Lins de Vasconcelos, Rio de Janeiro

Lucas foi alvo de tiros após passar às 7h10 na garupa de uma moto e o veículo não parar. Lucas foi atingido no ombro por um tiro de fuzil e caiu da moto. Ele permaneceu no chão até a abordagem policial, de acordo com uma testemunha, ele disse aos policiais que não era bandido e apelou pela presença da mãe.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.