Ícone do site Notícia Preta

Mais uma vez a educação é atacada e mais uma vez vamos juntos às ruas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Por Jade Beatriz*

Parece até que o jovem, negro, estudante é protagosnista de um filme de terror, a todo momento sofre ataques do que lhe é mais precioso: a sua educação. Mas,infelizmente, hoje no Brasil a nossa situação não é algo inventado pela dramaturgia. Vivemos a todo momento sob vigília para defender os nossos direitos. E agora chegamos em mais um momento crucial: lutar contra mais uma tentativa de cortes. 

Jade Beatriz foi eleita presidente da UBES em maio deste ano – Foto: Karla Boughoff

O Governo Federal, na última sexta-feira (27/05) anunciou cortes de mais de R$ 1  bilhão nos recursos das universidades e institutos federais. Isso, de acordo com dados da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), isso representa mais de 14,5% que impactará no orçamento de recursos para assistência estudantil,  hospitais universitários e ameaça o funcionamento geral das instituições.

Leia também:

Esses cortes e as propostas que o governo tenta avançar no Congresso colocam em jogo o que conhecemos sobre educação pública, o que afeta fortemente a nossa geração e as próximas. Por isso, nós estudantes que já mostramos nossa combatividade vamos às ruas novamente.

Não se esqueçam que em 2019 fizemos o Tsunami da Educação. Na época, o então ministro da educação, Abraham Weintraub, disse que os cortes aconteceriam nas instituições e fomos todos às ruas. Ao longo de três meses, nós estudantes, realizamos mobilizações em todo o país. Foram mais de 600 cidades em um só dia! Eu, que era estudante de um IF em Fortaleza, participei ativamente dos protestos. Conseguimos reverter.

Por isso, peço para que você, assim como eu, jovem, estudante, negro, esteja atento. Mobilize seus amigos em sua escola para que no dia 9 de junho estejamos todos na rua para defender nossa educação e o nosso futuro. Como dizemos na UBES, ninguém tira o trono de estudar! Ninguém!

* Jade Beatriz, 20 anos, cearense, estudante de cursinho pré-vestibular popular e presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) – Foto: Karla Boughoff
Sair da versão mobile