Joey Badass precisou fazer terapia após gravações do filme “Dois estranhos”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O artista americano Joey Badass, revelou que precisou fazer terapia após as gravações do filme “Dois estranhos”, em 2020. Segundo ele, a internalização feita para o personagem principal da obra, e as filmagens terem acontecido na rua, com pessoas passando a todo momento, foram alguns dos motivos. 

Cena do filme Dois Estranhos, de 2020 – Foto: Divulgação

Em entrevista à revista XXL Mag, Badass contou que se lembra da primeira cena da obra que ganhou o Oscar de melhor curta-metragem de 2021, quando sai do apartamento e é jogado no chão. “Relembro de filmar isso em tempo real e eram pessoas passando, elas paravam, abaixavam a janela e diziam: ‘Ei, isso é real? Ou isso é para um filme? O que está acontecendo? Você está bem?’ É traumático para esses espectadores inocentes também”, expõe o ator. 

Jo-Vaughn Scott, nome de registro de Joey, falou também sobre começar a utilizar esse nome verdadeiro. “Essa é realmente a minha intenção de seguir em frente. Eu definitivamente quero usar meu nome verdadeiro quando se trata de filmar mais, porque eu quero fazer uma distinção clara. Joey Badass não é um ator, ele é um rapper”, afirma.  

Leia também: “É tudo sobre ele”, afirma Danai Gurira ao falar de Chadwick Boseman e Pantera Negra 2

Sobre a produção, o ator contou que não foi pago para isso devido no início ter sido um projeto de experimento para gravação de um filme de suspense. “Para falar a verdade, nem fui pago para isso. Fizemos o filme porque originalmente deveríamos fazer um longa-metragem, um thriller completo. Assim que viram minha execução, todos queriam fazer parte da equipe de produção agora e isso obviamente ajudou a subir na Academia e ganhamos o Oscar, finalizou Scott.

APOIO-SITE-PICPAY

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.