Instituto Oyá realiza desfile no MAM com peças de alunos do curso de moda em Pirajá

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Neste sábado (18), a partir das 16h, será realizado o desfile “Transformação”, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), com peças originais criadas por alunos do curso de Moda, Modelagem e Corte & Costura, oferecido gratuitamente dentro do projeto Oyá Criativa, em Pirajá, Salvador (BA).

Criadoras reunidas durante preparação das peças – Foto: Reprodução

O projeto tem curadoria do diretor criativo ítalo-brasileiro Giovanni Bianco e apresenta 30 modelos que fazem referência às águas dos rios e mares que entrecruzam a Bahia em suas conexões políticas, sociais e culturais. O desfile que mistura moda, cultura e arte é fechado para convidados e contará com a participação de artistas e profissionais que estiveram envolvidos no processo de construção das peças

Essa é a segunda edição do projeto Oyá Criativa, que tem como objetivo contribuir na profissionalização de jovens e adultos de comunidades periféricas e fomentar a economia criativa nas comunidades locais. Nesse ano de 2021 o curso contou com cerca de 70 alunos de diversas faixas etárias. Segundo a Ialorixá e Gestora do Instituto Oyá, Nívia Luz, a ideia do projeto é criar oportunidade e contribuir para o crescimento e florescimento de carreiras, além de promover educação, acesso ao mercado de trabalho e transformação social, a partir de exemplos positivos. “Tenho várias histórias de alunos que chegaram no Oyá e se destacaram ao desenvolver suas habilidades. Alguns que chegaram ainda crianças e hoje integram a nossa equipe criativa”, destaca Nívia.

Leia também: Unesco anuncia Rumba Congolesa e mais 8 novos patrimônios culturais imateriais da humanidade

O tema do desfile “Transformação” foi pensado coletivamente entre alunos, professores e mentores. Os modelos criados trazem elementos que remetem ao mar ou rio e suas ligações culturais e religiosas como redes de pesca e búzios. Para finalização e aprimoramento das peças, os alunos da Oyá Criativa também contaram com oficinas de Estamparia e Moulagem. Após o desfile de apresentação, as peças ficarão expostas no acervo da instituição. 

O projeto é uma das frentes de ação do Instituto Oyá e foi desenvolvido por oito meses com orientação de quatro professores especialistas: Ana Paula Tadeu e Leila Saron, mentoras no processo de modelagem e corte e costura; e dos estilistas Carolina Gold e Cid Brito. O curso contou ainda com palestrantes convidados, entre eles, o artista da beleza Ricardo dos Anjos, o artista plástico e diretor criativo do Oyá, Alberto Pitta, e a participação de Giovanni Bianco na concepção e curadoria para o desfile. A produção do desfile é assinada por Lícia Fábio Produções. 

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

  • Os, tudo bem?
    Costurar é muito mais que um simples Hobby ou Profissão, é terapêutica. Cada vez mais mulheres do mundo todo têm se dedicado a aprender essa Arte. Entre no link e descubra como fazer parte dessa arte.
    https://bit.ly/3GWECEy

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.