Francis Kéré é o vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura 2022 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Diébédo Francis Kéré, mais conhecido como Francis Kéré, arquiteto, educador, ativista social nascido em Burkina Faso, é o primeiro arquiteto negro vencedor do Prêmio Pritzker 2022. Tendo também conquistado o Prêmio Aga Khan de Arquitetura em 2004, Kéré é reconhecido por “empoderar e transformar comunidades através do processo da arquitetura”, utilizando materiais locais e materiais locais e construindo obras contemporâneas, cujo valor ultrapassa a própria estrutura, servindo ao futuro de comunidades inteiras. 

Francis Kéré é o vencedor do Prêmio Pritzker 2022. Foto: Reprodução Redes Sociais

“Através de edifícios que demonstram beleza, modéstia, ousadia e invenção, e pela integridade de sua arquitetura e gesto, Kéré defende graciosamente a missão deste Prêmio”, diz o comunicado oficial do Prêmio Pritzker de Arquitetura 2022.

Leia também: Fugindo do casamento forçado, meninas de Burkina Faso encontram refúgio na educação

Nascido em 1965 e radicado em Berlim, na Alemanha, Francis Kéré trabalha para “melhorar as vidas e experiências de inúmeros cidadãos em uma região do mundo que por vezes é esquecida”, diz o comunicado do Pritzker. 

Além de escolas e instalações médicas, o trabalho de Kéré na África inclui dois edifícios históricos de parlamento: a Assembleia de Burkina Faso e a Assembleia Nacional do Benin. Com uma expressão arquitetônica profundamente enraizada em sua formação e experiências em Gando,  Kéré comunicou ao mundo a tradição da África Ocidental, especialmente a prática de “comungar sob uma árvore sagrada para trocar ideias, narrar histórias, celebrar e reunir”. 

Filho de pais que insistiram que seu filho fosse educado, Francis Kéré mescla a formação e trabalho na Europa com as tradições, necessidades e costumes de seu país. Dedicou-se a trazer recursos em educação de uma das maiores universidades técnicas do mundo de volta à sua terra natal e fazer com que esses recursos elevassem o conhecimento, a cultura e a sociedade de sua região. “Espero mudar o paradigma, levar as pessoas a sonhar e arriscar. Não é porque você é rico que você deve desperdiçar material. Não é porque você é pobre que você não deve tentar criar algo de qualidade, […] Todo mundo merece qualidade, todo mundo merece luxo e todo mundo merece conforto. Estamos interligados e as preocupações com o clima, a democracia e a escassez são preocupações de todos nós.” disse Francis Kéré. 

A cerimônia do 44º Prêmio Pritzker em homenagem a Diébédo Francis Kéré será realizada no recém-inaugurado Marshall Building (Londres, Reino Unido), projetado por Grafton Architects, de Farrel e McNamara. 

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.