Documentário de Beyoncé é tema de seminário em universidade

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Béyonce em Coachella, em 2018 – Foto: Divulgação

Homecoming, o documentário da artista Beyoncé, é o tema do 2° seminário online do Webinar do Centro das Humanidades, da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), no próximo dia 29 de julho. Gratuito e com emissão de certificado, o evento pretende debater representação, educação e música negra presentes na obra audiovisual. 

Lançado em 2019 na Netflix, o documentário mostra toda a trajetória de Beyoncé até a performance do show no festival de música Coachella em 2018, nos Estados Unidos. A artista foi a primeira mulher negra a se apresentar no festival como atração principal. 

O “Beychella”, nome atribuído ao espetáculo, homenageou faculdades e universidades estadunidenses historicamente negras, e referenciou artistas e pensadoras negras, como Audre Lorde, Chimamanda Ngozi-Adichie, Maya Angelou, Nina Simone e Toni Morrison. Além de levar referências e cenas do show, o documentário mergulha na intimidade de Beyoncé com a sua família. A artista é creditada como produtora executiva, roteirista e diretora da obra, que inclusive ganhou o Grammy, o prêmio mais importante da indústria fonográfica dos EUA, na categoria Melhor Filme Musical. 

“Representação, Educação e Música Negra em Homecoming” acontece no dia 29 de julho, a partir das 19h, no canal “Centro das Humanidades UFOB” no YouTube. O debate conta com a presença virtual de Ari Fernandes, Juliana Araújo, Maíra Brito e Thalita Maia. O Seminário é gratuito e terá certificado com carga horária de 3h, o link para obtê-lo será divulgado durante a transmissão. 

Canal do Centro das Humanidades Ufob:https://www.youtube.com/channel/UCOUEE1soAFta7IN8FqZtEmg

APOIO-SITE-PICPAY

Samily Loures

Baiana em terras capixabas, é formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo). Com atuação em publicidade social e pesquisa em Identidade Negra, acredita que a comunicação pode ser instrumento de mudanças sociais. Apesar de militante e sagitariana, consegue levar a vida com serenidade. E deboche.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.