Violência policial: homem é morto em casa pela polícia nos Estado Unidos

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Manifestantes se reuniram no local do crime para protestar contra mais uma morte pelas mãos da polícia – Foto: Associated Press

Um homem negro de 42 anos foi morto por um policial norte-americano, na última quarta-feira (21), durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão em sua casa, na Cida de Elizabeth City, no estado da Carolina do Norte.

Segundo informações da agência de notícias Associated Press, Andrew Brown Jr., foi baleado várias vezes, enquanto tentava sair de carro e o policial responsável pela ação estava com a câmera do uniforme ligada, mas o xerife do condado de Pasquotank, Tommy Wooten, disse que não iria liberar as imagens por enquanto. Em uma coletiva de imprensa, o xerife disse que “foi um dia trágico”.

Pouco depois do crime, pessoas foram ao local protestar contra mais uma morte de pessoas negras pelas mãos da polícia. Algumas delas carregavam cartazes com os dizeres: “parem de matar homens negros desarmados” e “vidas negras importam”.

Vidas negras importam

Nos últimos 15 dias duas pessoas negras foram assassinadas pela polícia e, a última, uma jovem de 16 anos, foi baleada quatro vezes por um policial na terça-feira (20). Em outro caso, a poucos metros do local que George Floyd foi assassinado, em Minnesota, um jovem negro de 20 anos foi assassinado por uma agente que confundiu uma arma de choque (tesar) com uma arma de fogo. Na última segunda-feira (19), Derek Chauvin, policial que assassinou George Floyd foi julgado e condenado pelo crime.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.