Dermatologista dá dicas de como cuidar da pele durante e depois do carnaval

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Purpurina já virou a fantasia oficial do carnaval do Rio de Janeiro, mas se não aplicada com o devido cuidado, os problemas ocasionados na pele vão durar para além da quarta-feira de cinzas. Para isso não acontecer, é preciso tomar alguns cuidados.

A dermatologista Nandara Paiva chama a atenção para a qualidade da cola que será usada para colar no glitter no rosto e no corpo e explica que o ideal é não colocar o brilho diretamente na pele

“O pigmento colorido pode desencadear reações alérgicas de forma independente ou mesmo após a exposição solar. Antes de aplicar brilhos e purpurina, use um hidratante adequado para sua pele. Dê preferência aos que possuem filtro solar, com FPS que não precise reaplicar com tanta frequência, como de fator 60. Outra possibilidade que além de proteger, disfarça imperfeições, é o uso de primer ou base com filtro solar”, explica a especialista, que detalha:

“O uso de maquiagem ou purpurina não gera irritação ou queimadura com o suor, mas o sol pode influenciar no surgimento de reações alérgicas. Por isso, o ideal é usar um protetor solar físico com dióxido de titânio ou óxido de zinco como alternativa que não são fotossensibilizantes e atuam como uma barreira entre os enfeites e a pele”.

Ela também faz um alerta quanto ao uso das tatuagens removíveis que estão na moda desde o ano passado:

“É uma boa opção para evitar o uso de acessórios no verão, mas deve-se destacar que algumas tatuagens removíveis após retiradas podem deixar a sua marca pela exposição solar. Além disso, com o sol, alguns produtos podem desencadear reações alérgicas, é o que chamamos de fotodermatose”.

Na hora de retirar, o mesmo cuidado. Mesmo cansada e depois de uns bons drinks, é necessário retirar a maquiagem para que a pele respire e a produção não cause nenhum problema. Para Nandara Paiva, os melhores produtos para usar nesses casos são demaquilantes e água micelar.

“Existem cremes,óleos e lenços com a função demaquilante. Entretanto, no Rio de Janeiro eu prefiro a higienização com algodão embebido com água micelar.Tem várias marcas boas como ADCOS, Bioderma e L’oreal. A água micelar tem a vantagem de refrescar, hidratar e limpar a pele respeitando seu equilíbrio fisiológico. Caso o rímel seja a prova d’água, aplique o algodão umedecido com água micelar e pressione levemente sobre os olhos fechado por 10 segundos. Depois desse tempo, faça movimento linear para a ponta dos cílios, até que os olhos fiquem completamente limpos”, ensina a dermatologista, que continua:

“Para retirar tatuagens o uso de demaquilantes em creme ou óleos corporais podem ser opções quando usados com algodão, em movimentos circulares levemente vigorosos. Evitar uso de removedores de esmalte para para essa função, para evitar o ressecamento da a pele. Em seguida, o ideal é lavar com o sabonete facial específico para seu rosto e água fria. No corpo, use o sabonete de sua preferência. Lembrando que não há necessidade do uso de sabonete antimicrobiano. Feito isso, sugiro um hidratante facial e corporal de uso habitual”.

APOIO-SITE-PICPAY

Lídia Michelle Azevedo

Formada em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ, em 2009, já passou pelas redações do Jornal dos Sports, Assessoria de Imprensa do IBDD (Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiencia) Revista Ferroviária, Expresso, Extra, Canal A e atualmente está na assessoria de comunicação da Fundação Cecierj.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.