Curso “Introdução à Teologia Africana” é realizado em setembro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Mediadores são angolanos que vivem no Brasil

Júlio Estendar é um dos mediadores do curso – Foto: Divulgação

Por Gabriel Ferreira

Nos dias 8, 15, 22 e 29 de setembro, será realizado o curso on-line “Introdução à Teologia Africana”. À frente da iniciativa estão quatro teólogos angolanos que atualmente vivem no Brasil e, entre outros assuntos, o evento vai abordar temas como África e Bíblia, Teologias Africanas na atualidade e o Diálogo com as Diásporas Africanas. 

O Notícia Preta conversou, com exclusividade, com Júlio Estendar, Teólogo, Especialista em Docência em Filosofia e Teologia Contemporânea, Mestre em Ciências da Religião e um dos mediadores do curso. 

Sobre a motivação da iniciativa, Júlio afirmou que “falar de teologias cristãs africanas no contexto brasileiro tem sido ainda um estudo ínfimo e com alguns paradoxos, pois a teologia – de modo geral – foi pautada de uma forma eurocêntrica, configurando-se num saber universal que exclui a existência das particularidades. Estas e outras questões nos incitam e nos motivam a criar este curso, que se preocupa em pensar a diversidade de manifestações e de experiências religiosas e espirituais das mulheres e homens africanos no continente e das diásporas africanas, principalmente os negros no Brasil”.

Ele, que vive em Campinas (SP) desde 2013, disse, ainda, que o curso “se apresenta como um meio de visitação e revisitação da Teologia Africana”, sendo importante pelo “seu caráter divulgador desta forma de se pensar sobre Deus e sua relação com a humanidade”. “As produções teológicas euro-norte-americanas, por muito tempo, buscaram ofuscar – ou relegar para último plano – outras produções teológicas que são advindas dos lugares periféricos e marginais dos grandes centros académicos do Ocidente, e a Teologia Africana é esta forma contra-hegemônica de se pensar sobre Deus e sua relação com a toda a humanidade”, concluiu. 

Além de Júlio, o evento ainda conta com outros três mediadores. Todos eles vivem no  Brasil. Emiliano Jamba, Bacharel em Teologia, Direito e Mestrando em História Social; Gil André, Bacharel em Teologia, Licenciado em Filosofia e Mestrando em Teologia; e José Malua,  Bacharel em Teologia, Licenciado em Filosofia e Mestrando em Teologia. Assim como Júlio, Emiliano mora em Campinas; Gil e José vivem em São Paulo. 

Emiliano Jamba, José Malua e Gil André também serão mediadores do curso – Foto: Divulgação

Para Júlio, a importância de ter mediadores africanos no curso é um diferencial: “é neste sentido que a realização deste curso por pensadores e teólogos africanos se constitui como diferencial, pois a nossa vivência cultural e religiosa enquanto africanos transparece em nossas abordagens e discussões sobre a temática da própria teologia. Como negros africanos vivendo no Brasil, entendemos que podemos contribuir para uma maior difusão de várias temáticas sobre a nossa mãe África. Estamos construindo cursos sobre questões ligadas à problemática racial na África, no Brasil e não só em cursos sobre o negro e a Bíblia, bem como sobre a cultura e filosofia africana”, finalizou. 

Os encontros acontecerão via Google Meet, às 20h, e os interessados em participar devem realizar uma inscrição na plataforma Sympla. O curso conta com certificado. Para saber mais, acesse sympla.com.br. 

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

  • Manuel Francisco González Martín

    (27/06/2021 - 21:34)

    Buenas noches. ¿Este curso lo dan en español? Por mi psrte estaría interesado en hacerlo. Gracias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.