Celso Athayde, fundador da Cufa, lança projetos sociais e comerciais no continente africano

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Celso Athayde, fundador da Central Única de Favelas (Cufa) e da Favela Holding, irá lançar neste sábado (19) o escritório da Cufa no continente africano. Em conjunto com a Vívian Samatin, embaixadora brasileira de Camarões, desenvolverão projetos sociais e parcerias comerciais favoráveis ao maior continente da terra – são 54 países.

O empreendedor que comprou os direitos da Cab Motors, empresa do jipe brasileiro Stark, irá anunciar parcerias comerciais com a companhia em vários países africanos e a Favela Holding será representante desse jipe brasileiro em todos os países do continente africano.

Leia também: CUFA Paraná faz parceria com a Uber para vacinação de Mães da Favela

Na foto, Celso Athayde com a embaixadora brasileira de Camarões, Vivian Samantin. Foto: Divulgação

Celso Athayde (58), criado na baixada fluminense carioca, é um empresário e ativista social brasileiro, especializado em favelas e periferias. Athayde é fundador da CUFA, a maior ONG brasileira presente em mais de 17 países que é focada em favelas e fundador da Favela Holding, a primeira holding social, que reúne empresas que atuam, ou planejam atuar, nas comunidades, segundo o Data Favela, o instituto de pesquisa e estratégias de negócios especializado na realidade das favelas brasileiras.

APOIO-SITE-PICPAY

3 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.