Dois anos e meio após o assassinato de Ágatha, acontece a primeira audiência “Espero uma resposta”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Vanessa Francisco Salles, mãe da menina Ágatha Vitória Sales, de 8 anos, foi a primeira a prestar depoimento em audiência realizada nesta quarta-feira (09), no Rio de Janeiro. A filha foi morta quando voltava para casa com a mãe, no Complexo do Alemão, na Zona Norte da cidade, em setembro de 2019. Em entrevista ao ‘RJTV’ da TV Globo, Vanessa falou sobre o que deseja a partir do julgamento que ocorreu 2 anos e meio após o assassinato.

Reprodução: TV Globo

“Eu espero que a gente obtenha uma resposta, e um resultado do que a gente está aguardando. Que ele cumpra que ele pague e que reconheça.”, disse Vanessa.

Leia também: Dois anos após a morte de Ágatha Felix, família ainda aguarda julgamento de PM acusado

Pela primeira vez Vanessa esteve frente a frente com o policial militar Rodrigo José de Matos Soares que disparou o tiro que atingiu a menina.

Uma nova audiência foi marcada para o dia 3 de março e poderá determinar se o policial irá a júri popular. O agente foi denunciado pelo Ministério Público em Dezembro de 2019 por homicídio qualificado.

Ágatha Felix foi morta no Morro da Fazendinha, localizado no Complexo de favelas do Alemão, e estava dentro de uma kombi com a mãe quando foi baleada nas costas. Na época, moradores afirmaram que policiais militares atiraram contra uma moto que passava pelo local, e o tiro atingiu a criança, que não resistiu aos ferimentos.

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.