“Cala a boca. Não te perguntei nada”, diz Jair Bolsonaro a jornalista durante coletiva

APOIE O NOTÍCIA PRETA
O presidente também chamou a Folha de “canalha” – Foto: Reprodução Internet

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reagiu a uma publicação do jornal Folha de São Paulo sobre a nomeação de novo diretor da Polícia Federal (PF), na manhã desta terça feira (5), em Brasília. Durante os dois minutos de vídeo, o presidente distribui adjetivos ao jornal e aos seus colaboradores. “Que imprensa canalha a Folha de São Paulo. Canalha é elogio para a Folha de São Paulo (…). Isso é uma patifaria”, afirmou. 

O video foi publicado em várias plataformas durante o dia – Vídeo: Divulgação Internet

Ainda durante a coletiva, Jair Bolsonaro disse que ninguém da família está sendo investigado pela PF e que não teve interferência na troca do superintendente da PF no Rio de Janeiro. Questionado por um dos jornalistas, o presidente, um tanto alterado, respondeu “cala a boca, não te perguntei nada” e foi ovacionado por correligionários aos gritos de “mito”. 

Logo após as falas fortes contra a Folha, Jair Bolsonaro saiu do local no carro oficial, sem abrir para outras perguntas.

Atos antidemocráticos

Mesmo com medidas de isolamento social mais rígidas contra o Covid19, uma manifestação pró Bolsonaro foi realizada em Brasília, no último domingo (3) e reuniu centenas de pessoas. Dentre as reivindicações dos manifestantes, estavam o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF), que são as mesmas medidas tomadas pelos governos militares durante o regime ditatorial, compreendido entre 1964 e 1985.

Liberdade de imprensa

No mesmo dia, 3 de maio, é celebrado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa e, durante os atos, vários jornalistas, fotojornalistas e cinegrafistas foram agredidos por correligionários do presidente que gritavam palavras de ordens, tomaram seus microfones, máquinas fotográficas e foram expulsos da 

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

3 Comments

  • Alesandra Santos

    (06/05/2020 - 09:28)

    #EuNaoMeCalo: Assim caminha para trás a sociedade brasileira…a sociedade brasileira (colonialista-escravocrata-eugenica).500 anos disso…E criando seus membros do privilégio assim a 500 anos… A conduta que vemos atuallmente simplesmente é o fenômeno do que eles e elas fazem no privado. Lembrem-se ,esse presidente é também formado nessa sociedade. Convivendo nas mais altas rodas… seg.militares, legislativos, executivo e judiciário, diplomatico, empresarial, comercial… As pessoas estão se vendo no espelho, o comportamento que, eles e elas sempre #negam…:soberbos(as), arrogantes, ignorantes, subornaveis, corruptos, manipuladores, incompetentes, descompromissados, mentirosos, racistas, machistas, homofobicos e colonialistas, escravocrata, eugenicos, pateimonialistas e #negacionistas… E daí? E agora? Séc.21 Nem casa-grande e nem senzala. Povo Quilombo no Poder!

    • Tiuí Santos

      (09/05/2020 - 15:27)

      Povo quilombo no poder? Quem é o eugenista aqui? Quem defende um grupo social em detrimento de outros? Hipócrita.

  • […] presidente Jair Bolsonaro, que segue envolvendo-se em escândalos, comentou na última quinta-feira (30) sobre os problemas no pagamento da ajuda emergencial. […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.