Sérgio Camargo decide tirar ‘machado de Xangô’ de logotipo da Fundação Palmares

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Por meio de suas redes sociais, o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, declarou que mudará o logotipo da entidade. Segundo ele, o símbolo atual é uma referência ao “machado de Xangô”, um Orixá das religiões de matriz africana, conhecido por ser o Rei da Justiça.

Camargo quis justificar a decisão sob o argumento de que “o Estado brasileiro é laico” e por isso não deve utilizar símbolos religiosos como logotipo. Para a elaboração de um novo logotipo, Sérgio pretende realizar um concurso, com premiação em dinheiro, para escolher a melhor marca da instituição.

“Muita gente, inclusive eu, achava que era uma palmeira estilizada. Mas é o machado de Xangô, informação que consta do documento que oficializou o símbolo”, disse Sérgio no Twitter, antes de anunciar a concorrência.

“A Fundação Cultural Palmares realizará, por meio de edital, concurso público para a mudança de seu logotipo. O ganhador receberá prêmio em dinheiro. O símbolo atual é o machado de Xangô (Candomblé), estilizado. O Estado brasileiro é laico. O nome Palmares permanecerá”, tuitou ele.

APOIO-SITE-PICPAY

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.