Rio e Salvador cancelam carnaval de rua em 2022

APOIE O NOTÍCIA PRETA

As capitais da Bahia e do Rio de Janeiro decidiram que não terá carnaval de rua neste ano. Nesta terça-feira (04), o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), disse ter tomado a decisão devido à covid-19. Ele fez uma transmissão ao vivo em seus perfis nas redes sociais. A mesma medida foi anunciada pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), na última semana.

“Acabei de ter uma reunião com o pessoal dos blocos de rua e a gente comunicou a eles que o carnaval de rua nos moldes que eram feitos até 2020 não acontecerão em 2022”, disse Paes.

O prefeito Eduardo Paes explicou que, para ter blocos de rua, é preciso organizar com muita antecedência e voltou a citar que havia uma cobrança do patrocinador, que investiria quase R$ 40 milhões, para uma definição.

A prefeitura do Rio propôs ao patrocinador que organize eventos gratuitos em fevereiro com os principais blocos, em três lugares da cidade onde pudesse haver controle. A proposta. segundo Paes, não foi bem aceita porque os blocos têm uma relação com seus bairros e regiões.

Orquestra Voadora – Foto: Fernando Maia| Riotur

Leia também: “O carnaval dos ricos está garantido”, diz prefeito de Salvador

Salvador

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), confirmou na semana passada o cancelamento da festa na capital baiana.

Eu já tinha manifestado a minha opinião publicamente, que não fazia mais sentido e que a gente tinha que avaliar se valeria a pena fazer um Carnaval sem a presença de todos eles [artistas]. Quem faz o Carnaval não é a prefeitura, não é o governo. Nós não somos atores principais nesse processo”, afirmou Paes.

Cinco dias antes, o governador Rui Costa (PT) já havia oficializado o cancelamento do Carnaval em municípios baianos, alegando preocupação com a variante ômicron da Covid-19 e o aumento dos casos de gripe H3N2.

“A decisão está tomada: não haverá Carnaval na Bahia em fevereiro de 2022. Hoje temos 2,4 milhões de baianos com a vacina contra a Covid em atraso. Além disso, estamos lidando com uma epidemia de gripe, que tem sobrecarregado o sistema de saúde”, disse Costa em uma rede social.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.