Norte-americano vítima de racismo dá soco em turista alemão em hotel de luxo no Rio

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Após proferir ofensas racistas à um hóspede negro norte-americano no  hotel de luxo Hilton, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, um turista alemão foi nocauteado. As imagens da briga que, segundo a polícia, aconteceu no último dia 30, circulam na internet. O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat) e está sendo investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a polícia, o casal, uma brasileira e um alemão, “aparentava estar embriagado” e registrou queixa na delegacia alegando ter sido agredido. Os nomes de nenhum dos envolvidos no caso foram divulgados pela polícia e, de acordo com a corporação, todos já deixaram o Brasil.

A testemunha que filmou as cenas afirmou no Twitter que a confusão foi por causa de racismo, porque o casal não aceitou que o americano fosse atendido antes deles.

O americano seria cliente diamond (diamante, em inglês) do Hilton – um programa de fidelidade da cadeia de hotéis – e, por isso, teria direito a atendimento prioritário.

Leia também: Professor de educação física é agredido em hotel de luxo em São Paulo

Nas imagens é possível ver que a mulher chega a tentar agredir o homem, que logo após ouvir o um insulto racista do marido dela, dá um soco no rosto do homem, que cai inconsciente no chão. A brasileira, furiosa, parte para cima do estrangeiro, mas é contida por funcionários. A confusão generalizada só termina quando a vítima é retirada pela segurança do hotel.

Após as imagens serem divulgadas e viralizarem nas redes sociais, um homem se identificou como sendo a vítima e pediu nos comentários do post: “Você poderia, por favor, me enviar o vídeo para que eu mande para os responsáveis do Hilton, por causa dessa falha de segurança, o casal chamou a polícia, que estava esperando por mim do lado de fora por horas, e eu não pude passar a noite no hotel porque eles mentiram dizendo que eu os ataques. Obrigado por filmar”, escreveu o homem.

O rapaz que registrou a cena contou que o casal estava embriagado. “Homem racista bêbado e mulher estão loucos porque ele (rapaz branco) é membro do ‘Gold Or Diamond Hilton’ (serviço VIP do hotel) e, portanto, recebe o serviço antes de todos. Funcionários do hotel apenas sentados e deixando a mulher racista fazer o que for”.

O Hilton confirmou que o caso ocorreu no hotel de Copacabana e declarou estar “cooperando com a polícia em sua investigação”.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.