Racismo será discutido na 5ª edição do ”Tambor da Liberdade”, em Macapá

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A 5ª edição do ”Tambor da Liberdade” será realizado neste sábado (1° de junho), no Quilombo do Curiaú, em Macapá. O encontro dos tambores seria celebrado no último dia 13 – data que marca a assinatura da Lei Áurea – mas foi remarcada para o início do mês de junho em função de um problema de saúde de um membro da família Rosário, que é pioneira no quilombro e criadora do evento.

As atividades, que serão realizadas na Maloca da Tia Chiquinha, começa, Às 13h. No dia, haverá exposição de artesanato, roda de conversa sobre racismo e injúria racial, apresentação de grupos de capoeira, hip-hop, marabaixo, batuque e vários shows com artistas do estado.

A família Rosário, pioneira no quilombo do Curiaú, é responsável pela criação do evento. Foto: Mariléia Maciel/Divulgação

Confira a programação:

13h – Almoço
14h – Exposição Cultural
15h – Roda de conversa “Racismo e injúria racial”
16h – Capoeira
17h – Hip-hop
19h até 1h – Apresentações culturais

  • Marabaixo e batuque
  • Bloco Kulembé
  • Brenda Melo
  • Amadeu Cavalcante
  • Mayara Braga
  • Oneide Bastos
  • Paulo Bastos
  • Enrico Di Micelli
  • Silmara Lobato

Serviço:

Tambor da Liberdade
Dia: 1º de junho
Horário: 13h até 1h
Local: Maloca da Tia Chiquinha, na Rodovia do Curiaú, nº 3600

APOIO-SITE-PICPAY

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.