Racismo no ambiente profissional é debatido no espetáculo Leoa na Baia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Com atuação de Juliette Nascimento (Contos de Azeviche), direção de Juliana Roiz (A Reza) e texto da dramaturga Maria Shu, o espetáculo “Leoa na Baia” retrata o racismo enfrentado no cotidiano de mulheres e homens negros, ao retratar a história de uma atendente de telemarketing, que começa a questionar as normas abusivas de seu ambiente de trabalho. A peça será apresentada nesta terça-feira (27), às 19h, no Teatro Vila Velha, no campo Grande, em Salvador. 

O espetáculo será apresentado no projeto Terças Pretas, criado pelo Bando de Teatro Olodum para promover o diálogo entre as diversas linguagens da performance negra, em espetáculos que revelam o talento de artistas negros e negras. 

Ao final do espetáculo, o público poderá dialogar com as artistas realizadoras. Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia) e já estão à venda na bilheteria e no site (www.teatrovilavelha.com.br).

SERVIÇO:

Terças Pretas, realização do Bando de Teatro Olodum

O quê: Espetáculo Leoa na Baia – atuação de Juliette Nascimento e direção de Juliana Roiz. Texto de Maria Shu.

Bate papo ao final do espetáculo.

Quando: 27 de agosto (terça-feira), 19h

Quanto: R$10 inteira e R$ 5 meia 

Onde: Teatro Vila Velha, Passeio Público, no Campo Grande.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.