Presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB-MG denuncia racismo durante live: ‘macacos falantes’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Na terça-feira (29), a Polícia Civil registrou um caso de racismo em Belo Horizonte. O advogado Gilberto Silva Pereira, presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais (OAB/MG) participava de uma transmissão ao vivo no Instagram, ao lado publicitário e jornalista Dell Ribeiro. quando o perfil @dablio_eleeh escreveu: “Uaaaaau macacos falantes”.

O tema da live era: “Direito e relações raciais: uma introdução crítica ao racismo“, mesmo assim o investigado não se intimidou ao fazer o comentário racista. Após a transmissão, a denuncia foi feita na 2ª Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Cibernéticos da Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

“A gente estava falando sobre racismo. O Dell é um parceiro de luta e essa pessoa entrou. Não interrompi a live, nem dei atenção. As pessoas estão com sensação de impunidade e cometem esse crime terrível por trás de uma tela de computador”, lamentou o advogado ao jornal Estado de Minas.

“O racismo atinge uma coletividade. Como a ofensa foi feita no plural, ou seja, os ‘macacos’, pode-se classificar como tal, e não como injúria que é ofensa a uma pessoa pela sua cor, etnia, raça ou religião”, complementou na entrevista.

APOIO-SITE-PICPAY

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.