O que significa ‘lockdown’?

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Confinamento total. No bom e velho português, é isso. A utilização de termos em outros idiomas muitas vezes dificulta a compreensão do público, tornando a informação inacessível para milhares de pessoas.⁣

Este bloqueio ou confinamento total consiste em fechar uma região, interditando vias, proibindo deslocamentos e viagens não essenciais. No caso de uma pandemia, o objetivo é fazer com que as pessoas fiquem realmente em casa e, desta forma , os riscos de propagação do vírus sejam reduzidos e que tenhamos menos pessoas doentes precisando de leitos. Isso evita que os hospitais entrem em colapso, ficando ainda mais superlotados e não conseguindo internar novas pessoas infectadas. ⁣

China, Espanha, Itália e Alemanha adotaram essa bloqueio total para conter a expansão do novo coronavírus. Agora esta medida começa a ser aplicada em alguns estados do Brasil como Maranhão, Pará e Ceará já decretaram este bloqueio total. ⁣

Na semana passada,  São Luís, capital do Maranhão, atingiu 100% da capacidade das UTIs dos hospitais do estado, o que levou o Ministério Público do Maranhão a se antecipar ao governador e solicitar à Justiça o bloqueio total na cidade.⁣

Os moradores dessas regiões só podem sair de casa para comprar alimentos, medicamentos e material de limpeza. Todos os acessos à ilha foram fechados, a não ser para pessoal médico, ambulâncias, viaturas policiais e caminhões e ônibus transportando pessoal e material essencial.⁣
Apenas trabalhadores de serviços essenciais estão autorizados a continuar circulando. Eles terão que portar uma declaração de serviço essencial, emitida pelas empresas. Postos de checagem farão as verificações por amostragem. Quem circular sem autorização será primeiro orientado pela polícia e, se não cumprir as regras, poderá ser levado a uma delegacia.⁣

A partir desta sexta-feira (08) Fortaleza, capital do Ceará, também adotará o bloqueio total.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.