Leo Santana é criticado ao propor “live solidária” para ajudar a população mais carente de Salvador

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O cantor prometeu doar cestas básicas de forma proporcional ao número de visualizações em sua live, mas a atitude foi questionada por seguidores

Léo Santana. Foto: Reprodução/Instagram

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o cantor Léo Santana tentou aliar uma ação solidária ao entretenimento. O Gigante, apelido carinhoso que Léo Santana ganhou por ter 2 metros de altura, anunciou através de seu perfil no Instagram que vai doar 10 cestas básicas a cada 10 mil pessoas que acompanharem a live nesta sexta-feira (3), às 21h, em sua rede social. No entanto, o artista recebeu criticas de seguidores e se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter do Brasil, nesta quinta-feira
(2).

Leandro silva de Santana, mais conhecido como Léo Santana, informou que os alimentos serão doados em bairros das periferias de Salvador, entre eles a Boa Vista do Lobato, no subúrbio ferroviário, local onde o cantor cresceu e anualmente faz um show gratuito no bairro.

“Vou ser bem dinâmico para que a gente possa ajudar as pessoas. A cada 10 mil pessoas que entrarem na live eu estarei doando 10 cestas básicas para comunidades de Salvador, especificamente a minha, a Boa Vista do Lobato. Passem essas informações para geral. A cada 10 mil pessoas ao vivo eu vou doar 10 cestas básicas. Se bater 100 mil pessoas, vão ser 100 cestas básicas”, disse Léo.

A repercussão não foi a esperada pelo artista, que em poucos minutos recebeu muitas críticas em suas redes sociais. No Twitter, como um dos assuntos mais comentados do país, Léo Santana é acusado de fazer a live por interesse em ter ainda mais visibilidade do que possui.

Os seguidores do cantor se revoltaram ainda mais após a circulação de um vídeo nas redes sociais: “nenhum ser humano, independente de estrutura financeira boa ou ruim, tem obrigação nenhuma de ajudar ninguém”, disse Léo Santana.

Os seguidores do cantor criticaram o vídeo que vem circulando nas redes sociais

O artista pediu desculpas e disse ter se expressado mal, no entanto a Live está mantida, assim como a sua proposta de ajudar a população. O cantor ainda declarou que já faz ações para ajudar os que não tiveram a mesma oportunidade que ele, mas não acha importante divulgar por fazer de coração.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.