Meghan Markle revela que família real discutiu cor da pele de seu filho

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em entrevista a apresentadora Oprah Winfrey exibida neste domingo (7) pela rede CBS, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, afirmou que não se sentiu protegida pela família real britânica e revelou, inclusive, que havia preconceito em relação ao fato de ela ser uma mulher afro-americana. Segundo a atriz, os nobres se ‘preocuparam’ com a cor da pele de seu filho, o ‘quão escura’ seria.

Houve várias preocupações e conversas sobre o quão escura seria a pele dele quando nascesse”, contou. Ela também explicou que isso foi conversado com Harry, e ela ficou sabendo depois. Mas não revelou quem estava envolvido nessas conversas. “Isso seria muito prejudicial a eles”, pontuou.

Em fevereiro, o Harry e Meghan romperam totalmente os laços profissionais com a família real ao dizer à rainha Elizabeth II que eles não voltarão a trabalhar como membros da monarquia.

Eles estão esperando seu segundo filho e revelaram que será uma menina.

Meghan Markle família real cor da pele filho
Meghan Markle: família real discutiu cor da pele de seu filho

Ainda sobre o pequeno Archie, Meghan Markle comentou que a Instituição Real negou proteção ao filho do casal. “Eles não queriam que o bebê fosse uma princesa ou príncipe. Quando o pai do Harry se tornar rei, automaticamente Archie se tornaria príncipe. Não é direito deles tirar isso do Archie. Eles querem mudar a regra para o Archie, por quê?”, questionou.

Ela contou ainda que a situação toda lhe causou muita dor. A atriz explicou que se preocupava principalmente com a segurança de Archie, pois ela era muito atacada pelos tabloides ingleses, e isso poderia ser ruim para o menino.

Meghan Markle família real cor da pele filho
Harry e Meghan com seu filho Archie, fotografado em 2019

Desavença entre princesas

Oprah questionou se era verdade que Meghan e Kate Middleton, mulher de príncipe William, não se dão bem e que notícias diziam que Meghan chegou a fazer a cunhada chorar.

“Foi o contrário. Kate estava chateada com alguma coisa, mas me mandou flores e nos resolvemos. Foi um problema com as “daminhas” no casamento. Ela me fez chorar, me magoou. Não acho justo entrar nos detalhes porque ela me pediu desculpas e eu aceitei. Mas foi difícil ser culpada por algo que não fiz, as pessoas do castelo sabiam a verdade. Eu simplesmente não queria mais estar viva. E esse era um pensamento constante, muito claro, real e assustador”

disse Meghan

O príncipe Harry disse que se sentiu decepcionado com seu pai, o príncipe Charles, e que sua falecida mãe Diana teria ficado chateada com a forma como a família real britânica tratou sua esposa Meghan.

“Eu me sinto muito desapontado porque ele passou por algo semelhante. Ele sabe como é a dor. Eu sempre vou amá-lo, mas muitas mágoas aconteceram.”

disse Harry

Para Meghan, outro motivo de espanto foi quando descobriu que não seria uma princesa, nem teria qualquer segurança providenciada por parte do palácio. As críticas à família real, entretanto, não se estendem à rainha Elizabeth II.

Oprah questionou se Meghan havia se sentido acolhida pelos outros membros da realeza, como Kate havia sido.

Todo mundo me acolheu, e meu entendido é que nada é como parece. Posso sair com meus amigos? Não. Não é boa ideia. Uma pessoa entrou e disse que ela estava em todos os lugares. E era como “há 4 meses eu não saio de casa”. Alguns momentos, no meio da noite, era muito pouco o que eu podia fazer. Era como se eu estive em lockdown o tempo todo. Acho que as pessoas vão entender isso. Por conta do momento que estamos passando. Eu vim de uma vida de liberdade“, contou.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.