Mais de 14 milhões de famílias brasileiras vivem com renda per capita de até R$ 89

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O número de famílias em extrema pobreza no Brasil em outubro de 2020 – 14.058.673 – é o maior desde dezembro de 2014, quando eram 14.095.333, segundo o último balanço divulgado pelo Ministério da Cidadania. Esse total de famílias equivale a 39,99 milhões de pessoas com renda per capita de até R$ 89 que vivem na miséria no Brasil.

É possível perceber, de acordo com os dados, que houve um salto de 1.308.005 de famílias em condição de miséria desde o início do governo Jair Bolsonaro, entre janeiro de 2019 e outubro de 2020.

O número de famílias em situação considerada de pobreza, que vivem com renda per capita de R$ 89,01 a R$ 178, ficou em 2.877.099 em outubro – maior número registrado desde agosto de 2019 (3.005.580).

O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre os brasileiros em situação de pobreza e extrema pobreza e abrange as famílias de baixa renda que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou até 3 salários mínimos de renda mensal total.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.