Atacante do Boca Juniors chama Marinho de ‘negro’ e ridiculariza denúncias de racismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O atacante do Boca Juniors,  Ábila se referiu ao jogador Marinho do Santos como ‘negro’ e a fala racista do argentino foi criticada. A declaração de Ábila se deu quando o argentino foi questionado sobre a troca de camisa de camisa com jogadores do Santos após o empate em 0 a 0 contra o Santos pela Libertadores na última quarta-feira (06). O time de São Paulo relatou dois casos de Covid-19 nos últimos dias. Foi então que Ábila se referiu a Marinho como “o negro” e ironizou denúncias contra o racismo.

Troquei com Marinho, com o negro, porque o conheço. Bom, com o moreno, porque agora se você diz “negro”, te denunciam. É carinhosamente. Se quem diz “negro” sou eu, o que resta para os outros, não?” disse Ábila.

Neste domingo (10), o jornal Olé, um dos maiores da Argentina, debochou do ocorrido publicando em seu twitter um emoji de risada e uma foto do jogador com a frase dita por ele.

A declaração de Ábila vem no contexto da punição imposta pela Federação Inglesa ao atacante uruguaio Cavani, que repercutiu bastante na América do Sul. O jogador do Manchester United foi suspenso por três jogos por escrever a frase “Obrigado, negrito” ao agradecer um elogio em suas redes sociais após marcar dois gols em vitória sobre o Southampton, em novembro.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.