Jovem que foi suspenso da escola por se recusar a cortar seus dreads é convidado para ao Oscar

APOIE O NOTÍCIA PRETA

DeAndre Arnold foi suspenso e impedido de participar da formatura de sua escola, no Texas (EUA), por se recusar a cortar seus dreads, em janeiro deste ano. Ele recebeu um convite para comparecer à cerimônia do Oscar, que acontece no próximo dia 9 de fevereiro, em Los Angeles.


DeAndre Arnold foi suspenso e impedido de participar da formatura por se recusar a cortar os deads – Foto: Divulgação The Ellen Show

O convite foi feito pela atriz Gabrielle Union, seu marido, o ex jogador de basquete da NBA Dwayne Wade e Mathew Cherry que são produtores e diretor, respectivamente, do filme Hair Love, que concorre na categoria Melhor Curta de Animação. O filme conta a história de amor de uma família negra pelos cabelos crespos. “Você apenas querendo usar seu cabelo do jeito que mais gosta na escola e toda a burocracia que te fizeram passar e como você se manteve firme e se defendeu, nós sabíamos que precisávamos nos envolver”, disse Gabrielle. 

Além do convite, o trio vai arcar com os custos da viagem, hospedagem e também os trajes de gala que o jovem e sua mãe, Sandy, irão usar no tapete vermelho. “Todos nós sentimos muito inspirados pela sua história e é o mínimo que podemos fazer para te agradecer por se manter firme pelo direito de usar seu cabelo natural na escola”, disse o diretor Matthew Cherry.

DeAndre tem recebido apoio nas redes sociais e recentemente a apresentadora Ellen Degeneres e a cantora Alicia Keys contribuíram com uma bolsa estudantil universitária no valor de R$ 85 mil ao jovem. 

Em uma entrevista para CBS This Morning, DeAndre comentou sobre o convite ao Oscar. “É uma coisa louca. Nunca achei que pessoas como Dwayne Wade e Gabrielle Union me apoiariam. O filme deles é sobre amar seu próprio cabelo e eu me sinto assim com o meu. Somos melhores amigos. Significa o mundo para mim”, finalizou DeAndre.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.