Jovem grávida é baleada e morta durante operação policial no Lins de Vasconcelos, Rio de Janeiro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Kethlen Romeu, grávida de 14 semanas, foi morta nessa terça-feira (08), após operação policial em um dos acessos da comunidade de Lins de Vasconcelos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A jovem de 24 anos foi levada para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu ao ferimento e faleceu logo após chegar a unidade de saúde.

“Uma amiga de infância, que sempre batalhou desde nova, que era orgulho dos pais e estava esperando uma criança. Ninguém aguenta mais essa matança, temos que acabar com essa palhaçada. Mataram uma trabalhadora, uma menina doce e que estava realizada por ser mãe”, lamentou amiga da vítima ao portal UOL. Kethlen era designer de interiores e vendedora em um loja de roupas.

Kethlen Romeu estava grávida de 14 semanas e foi baleada durante uma operação policial. Foto: arquivo pessoal

Leia também: Número de crianças baleadas na Baixada Fluminense em 2020 é quase o triplo do registrado em 2019, revela levantamento da plataforma Fogo Cruzado

De acordo com policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), a jovem foi encontrada baleada após troca de tiros com traficantes na localidade conhecida como “Beco da 14”. Em nota, a Polícia Militar afirma que os agentes foram atacados a tiros pelos criminosos, dando início ao confronto. Ainda segundo a PM, nas buscas, foram encontrados um carregador de fuzil, munições de calibre 9mm e drogas.

No momento, a Estrada Grajaú-Jacarepaguá, uma das principais ligações entre as zonas Norte e Oeste, está interditada em ambos os sentidos em decorrência de um protesto de moradores da comunidade.

APOIO-SITE-PICPAY

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.