“I May Destroy You” ganha em quatro categorias no prêmio BAFTA

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A série britânica “I May Destroy You“ foi premiada em quatro categorias do BAFTA TV Awards, premiação que celebra os melhores projetos televisivos do ano, na noite deste domingo (06). A minissérie foi criada e protagonizada pela artista Michaela Coel que escreveu o enredo baseada no trauma de abuso sexual pelo qual passou.

Michaela Coel escreveu o roteiro baseada em um história que ela mesma vivenciou – Foto: Divulgação

“I May Destroy You“ é uma produção da HBO, em parceria com a BBC, que conta a história de uma jovem escritora que procura se reerguer após ser vítima de um estupro. A série foi completamente ignorada pelo Globo de Ouro que recebeu muitas críticas por dar destaque a Emily em Paris e ignorar a produção de Coel. “I May Destroy You“ levou na noite de ontem os prêmios de Atriz Principal e Melhor Minissérie.

Duas semanas antes da premiação de ontem já havia sido entregue os troféus das categorias técnicas (BAFTA TV Craft Awards) quando Coel levou mais dois troféus importantes: Melhor Roteirista na categoria Drama e Melhor Direção de Ficção onde Coel divide com Sam Miller, somando quatro prêmios para Michaela.

Leia também: ‘Manhãs de setembro’ é a nova série da Amazon Prime Video e terá Liniker como protagonista

Coel ofereceu a vitória ao diretor Ita O’Brien pelo apoio com que ele dirigiu e retratou um trauma pessoal da atriz que conta que a produção foi um exercício de cura para ela. “Obrigada por sua existência em nosso setor, por tornar o espaço seguro para a criação de limites físicos, emocionais e profissionais para que possamos trabalhar sobre exploração, perda de respeito, sobre abuso de poder, sem sermos explorados ou abusados ​​no processo”, exaltou.

Michaela Coel é poeta, escritora, atriz, produtora e cantora e ficou muito conhecida pela criação Chewing Gum, série de humor que fala sobre assuntos raciais e de gênero de forma leve, mas crítica. A atriz também está em  Black Earth Rising, uma produção original da Netflix escrita por Hugo Blick em que Coel vive  uma sobrevivente do genocídio em Ruanda. 

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.