Ao som de “Baile de Favela”, Rebeca Andrade se classifica para as Olimpíadas de Tóquio

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A ginasta brasileira Rebeca Andrade (22) se classificou para as Olimpíadas de Tóquio, que serão realizadas entre julho e agosto deste ano. Com a medalha de ouro no solo individual, no Pan Americano do Rio de Janeiro, a atleta do Flamengo e da Seleção Brasileira viralizou nas redes sociais ao fazer sua apresentação ao som da música “Baile de Favela”, do funkeiro carioca Mc João. 

Rebeca Andrade já havia dançado ao som de Beyoncé e, agora, Baile de Favela – Vídeo: canal olímpico do Brasil

Rebeca comemorou o reconhecimento do seu trabalho e de ser uma referência negra no esporte. “É muito legal, porque a gente não vê muitas pessoas negras no esporte. Hoje em dia que está aparecendo mais. A gente pode se espelhar. Eu inspiro outras meninas, outras crianças. Isso é muito bom para o esporte. Está sendo muito legal. Abro as redes sociais, e um monte de página falando sobre minha música, sobre a minha série. É muito bom ter meu trabalho reconhecido, porque é muito esforço, muito suor, muita alegria para que tudo isso aconteça. Fico bem feliz”, comemorou. 

Nas redes sociais, as reações foram imediatas, de anônimos e famosos. A Cantora baiana Margareth Menezes foi uma das celebridades que engrossaram o coro pela comemoração da classificação da atleta e a escolha da música. “E quem está criticando a escolha da música… ‘Você pode achar que o Funk Carioca não é cultura, mas cultura não é o que a gente acha, é o que nos caracteriza enquanto povo. Nesse sentido, o Funk Carioca é, gostem ou não’. Parabéns, Rebeca Andrade” Você arrasou! Vamos valorizar e respeitar os atletas, a cultura e o esporte!”, escreveu. 

Em 2016, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, Rebeca já havia dançado ao som da diva pop, Beyoncé, e revela que a música Baile de Favela foi uma surpresa do coreografo Rhony Ferreira. “Estava saindo da Beyoncé de 2016 e achei muito diferente no começo: ‘Meu Deus, vou sair de Beyoncé para um funk’. Foi diferente. Hoje, adoro a música, acho que combina muito comigo. Fiquei muito feliz que as pessoas gostaram também. Isso é muito importante na ginástica. Está sendo incrível”, finaliza.

APOIO-SITE-PICPAY

3 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.