Jornalistas americanos são acusados de racismo ao criticarem aparência de filha de Beyoncé

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Blue Ivy com a mãe Beyoncé e a cantora Megan Thee Stallion

Na última quarta-feira (01), a cantora norte- americana Megan Thee Stallion postou uma foto na companhia de Beyoncé e sua filha Blue Ivy em comemoração ao réveillon. A foto teve grande repercussão na internet, com muitos comentários em relação ao crescimento da menina, que raramente aparece na mídia.

Mas em meio aos comentários, dois deles chamaram a atenção e causaram revolta nas redes sociais. O jornalista e crítico de cinema da revista Vanity Fair, K. Austin Collins e a editora da Harper’s Magazine Violet Lucca, zombaram da aparência da criança de apenas sete anos.

Tudo começou quando o jornalista disse que sentia pena da criança por ela estar cada vez mais parecida com o pai, o rapper Jay Z. “Eu tenho a sensação que os genes faciais do Jay- Z estão chegando com tudo para a Blue Ivy e sinto muito por ela”, afirmou o jornalista. “Mas esses genes já não chegaram?” pergunta Lucca. O jornalista respondeu: “Você está certa. Mas ela tem sorte, se acontecer agora ela vai se livrar deles depois. Vai superar a fase de patinho feio rápido”.

Em seguida Lucca diz ao colega, que talvez ela faça cirurgia plástica aos 16 anos assim como Kylie Jenner, onde “teremos todos que fingir que ela sempre teve essa aparência”. A jornalista continua. “Eu não consigo sentir muito pelos filhos dos incrivelmente ricos”.

Muitos usuários se revoltaram e deixaram comentários em defesa da criança. “Deixe as garotas negras em paz em 2020!”, escreveu uma pessoa no Twitter. “Feições negras são lindas, pele negra é linda, nos deixe em paz e guarda o seu ódio para você”, pediu outra.

 Logo após a repercussão negativa, a dupla apagou o post e pediu desculpas. “Eu sinto muito pelo tuíte sobre a Blue Ivy – foi uma piada ruim e mulheres negras em particular merecem mais”, disse Collins.

 Já Violet Lucca afirmou que pelo seu comentário “mesquinho”, estava sendo chamada de “feia, velha e racista”. Ela ainda completou: “Eu não estou me fazendo de vítima… me desculpem se eu insultei a filha da Beyoncé sugerindo que ela possa fazer cirurgia plástica um dia, como muitos filhos de famosos fazem”.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.