‘Hoje, qualquer coisa que se possa dizer contra um negro é sempre sinal de racismo’, diz técnico Jorge Jesus

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (09), o técnico português Jorge Jesus, atualmente do Benfica, mas que esteve à frente do Flamengo, deu uma declaração no mínimo polêmica sobre a paralisação da partida entre Paris Saint-Germain e Istanbul Basakseh.

Apesar de dizer não ter conhecimento de todo o caso, Jesus declarou que o racismo “está muito na moda”, a fala do técnico se deu durante entrevista coletiva na véspera do jogo contra o Standard Liege, pela fase de grupos da Liga Europa.

Não sei o que aconteceu, o que se falou, o que se diz, mas hoje está muito na moda isso do racismo. Como cidadão tenho direto de pensar à minha maneira e só posso ter uma opinião concreta se souber o que se disse naquele momento. Porque hoje qualquer coisa que se possa dizer contra um negro é sempre sinal de racismo. A mesma coisa dita contra um branco já não é sinal de racismo. Está se implantando essa onda no mundo. Se calhar, até houve algum sinal de racismo com esse treinador, mas eu não sei o que disseram” disse o português.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.