Estudantes pretos e indígenas são os mais prejudicados na pandemia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Pesquisa mostra que 4,3 milhões de alunos não brancos ficaram sem atividade

Pesquisa mostra a disparidade entre brancos e não brancos sem atividades escolares – Fonte: Pnad-Covid/Cebrap/Rede de Pesquisa Solidária

Um levantamento, realizado pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), em parceria com a Rede de Pesquisa Solidária, com base nas informações da Pnad-Covid do IBGE mostrou que o número de estudantes não brancos (negros, pardos e indígenas) que ficaram sem atividade escolar durante a pandemia é quase o triplo de alunos brancos. De acordo com a pesquisa, 1,5 milhão de alunos brancos não tiveram atividades, enquanto os estudantes não brancos chegaram a 4,3 milhões.

Para o sociólogo Ian Prates, um dos responsáveis pela pesquisa, os dados retratam a desigualdade já existente no país e faz um alerta sobre um possível aumento da desigualdade racial para esta geração em fase escolar. “A pandemia piora uma desigualdade que já existia”, afirmou. 

Causas e efeitos

Ainda segundo Ian, a pesquisa não mostra os motivos que as crianças ficaram sem atividade escolar, mas algumas possibilidades são ventiladas pelos pesquisadores, como a não disponibilização de materiais por parte dos órgãos públicos. Outro fator pode ser a falta de estrutura ou condições que permitiam a realização dessas atividades em casa, como a falta de internet nos lares de baixa renda, por exemplo.

Regionalização dos dados

Os números da pesquisa mostram as diferenças entre os estados do Norte/Nordeste em relação aos do Sul/Sudeste do país. O Amazonas é o estado com a maior diferença proporcional de estudantes matriculados e sem atividade escolar. Ao todo, são 28.227 brancos e 212.242 não brancos no estado. Logo em seguida, vem o estado da Bahia, com 742.115 não brancos sem atividade e 120.995 alunos brancos na mesma situação e o Amapá vem em terceira posição, com 50.256 estudantes não brancos sem atividades e 9.310 brancos

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.