Em 2022, salário mínimo será de R$ 1.212, pelo 3º ano sem ganho acima da inflação

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, em sua última live do ano, que o salário mínimo para 2022 será de R$ 1.212. De acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) o salário mínimo necessário para uma família de 4 pessoas, com 2 adultos e 2 crianças deveria ser de R$ 5.657,66.

“A partir de 1º de janeiro, o novo valor do salário mínimo (será de) R$ 1.212”, disse Bolsonaro durante live transmitida a partir de Santa Catarina, onde está de férias. A expectativa é que uma medida provisória com esse novo valor seja editada nesta sexta (31)

O novo valor do mínimo é 112 reais acima do atual e repõe a alta inflação do corrente ano.

O novo valor do mínimo é 112 reais acima do atual e repõe a alta inflação do corrente ano

LEIA TAMBÉM: Botijão de gás consome 10% do salário mínimo em 16 estados, diz ANP

O salário mínimo é base de referência para outras despesas, como os benefícios da Previdência Social e de assistência social a idosos e pessoas com deficiência (BPC), além do abono salarial.

O governo incorporou no salário mínimo de 2022 mais R$ 1,62 referente à inflação maior de 2020 que não havia sido contabilizada no valor deste ano. É que o valor do benefício foi definido antes da divulgação oficial do INPC fechado de 2020. O governo optou na época em não mudar o valor e incorporar o adicional em 2021, o que é previsto na legislação.

Bolsonaro disse ainda que vai sancionar a desoneração da folha cumprindo a palavra que foi acordada em reunião com representantes dos setores envolvidos, após destacar que o Congresso Nacional fez sua parte ao aprovar a proposta.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.