Em 2019, mais de 290 casos de injúria racial foram registrados em Minas Gerais

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A média mensal de 2019, foi de sete casos para cada estado

Entre janeiro e novembro de 2019, foram registrados 291 casos de injúria racial nas delegacias de Minas Gerais, de acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). No mesmo período, em 2018, foram 296 notificações desse tipo de crime.

Hudson Tavares foi vítima de injúria racial enquanto trabalhava – Foto: Rede Globo

“A gente tem que tomar impulso de coragem para denunciar”, afirma Hudson Alves dos Santos, de 30 anos, vítima do caso mais recente de injúria racial, no dia 21 de janeiro, em Venda Nova, Belo Horizonte. O funcionário da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais S.A) foi chamado de “preto ladrão” e “escurinho bandido” por um cliente de 65 anos, foi ao local reclamar de um problema na conta de energia.

“A gente ter que parar para chamar a atenção para tudo isso é inadmissível. Todos nós somos seres humanos”, lamentou Hudson.

APOIO-SITE-PICPAY

Gabriella Reis

Jornalista, escritora e web-redatora. "Se ninguém te escuta, escreva!"

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.