Comissário da ONU faz alerta sobre violência policial no Brasil

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em reunião realizada nesta quarta-feira (1), o Comissário da ONU para Direitos Humanos para a América do Sul, Jan Jarab, declarou que está preocupado com a escalada de violência policial no país, após as operações na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, e o assassinato de Genivaldo Santos, em Sergipe.

Ação na Vila Cruzeiro deixou um rastro de 26 mortos – Foto: Antonio Scorza

O alerta de Jarab foi feito em um encontro com a Comissão Arns, associação composta por juristas, jornalistas e ativistas, onde o grupo brasileiro entregou um documento solicitando providências das Nações Unidas sobre os casos.

Segundo os integrantes da Comissão Arns, o representante da ONU informou que visitou recentemente as terras indígenas e afirmou que “está preocupado com o espiral de violência no Brasil”. A informação é da coluna de Jamil Chade, correspondente do UOL na Europa, e que afirma ainda que “o país passou a fazer parte do radar das principais preocupações da organização, em especial pela tensão política e a atuação do presidente Jair Bolsonaro em incentivar tais atos”.

Leia também: Jovens registraram ocorrência de agressão pela PRF em Sergipe dois dias antes da morte de Genivaldo

Paulo Sérgio Pinheiro, membro da Comissão Arns e ex-secretário de Direitos Humanos, disse que a tendência é de aumento da violência, principalmente contra grupos mais vulneráveis. “A violência tende a se agravar diante das homenagens que o presidente faz para as chacinas. Os autores são celebrados como heróis”, analisa.

“A ONU deve, diante do aumento descontrolado da violência policial no governo do Sr. Jair Messias Bolsonaro, reforçar a necessidade de incrementar o controle externo da atividade policial exercido pelo Ministério Público, bem como inste seu órgão de controle externo, o Conselho Nacional do Ministério Público, a acompanhar as investigações de graves violações de direitos humanos”, conclui o documento da Comissão Arns.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.