Com música em ‘Malhação’, Diogo Mirandela faz seu primeiro show no Rio de Janeiro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Formado em audiovisual, Diogo Mirandela, 28 anos, nunca sonhou em ser músico, acreditava que seu talento era ficar atrás das câmeras. Ledo engano. Dois anos depois de começar a compor e tocar, ele celebra o fato de seu primeiro sucesso estar na série da Globo “Malhação” e se prepara para fazer seu primeiro show, nesta sexta-feira no Rio de Janeiro.

“A minha formação é de audiovisual, eu estudei Ensino Técnico para ser cameraman, depois comecei a fazer faculdade de artes visuais. Sempre trabalhei com cinema e TV. Eu queria ser comunicador, jornalista, fotógrafo, a música sempre esteve presente em outras maneiras, eu tocava na igreja, numa banda”, lembra Diogo, que começou a se envolver mais com música em 2017: ” Quando eu soube que a minha música estaria em malhação eu não acreditei muito, não é que eu não acreditei, isso já estava sendo conversado, mas eu não colocava tanta fé. Eu soube e fiquei meio bobo,tive que sentar para entender um pouco.É uma honra tocar na casa de um monte de gente e levar a minha mensagem”.

Apesar de se chamar “Ensaio sobre a cegueira”, a canção não está diretamente ligada ao livro homônimo de José Saramago:

“A música não é exatamente por causa do livro, mas ele tem uma forte influência. Eu a compus numa outra situação que vivi, que envolvia pessoas em situação de rua. É sobre quanto as pessoas periféricas são marginalizadas, inclusive na nossa atenção. Às vezes estamos do lado de sofrimentos incríveis e não conseguimos enxergar isso. A música veio de uma vez só e quando eu acabei, vi o livro na estante, foi um livro que me marcou muito, Saramago é um dos meus escritores favoritos, e eu achei que casava e seria uma boa referência”.

A obra, que já tem clipe, é um lançamento em parceria com o projeto Entrelace, que combina diferentes expressões. O vídeo faz parte de uma série audiovisual para divulgar novos talentos.

“A parceria com a Entrelace surgiu de uma almoço com a Lu Ferreira, uma das curadoras do projeto. A Lu é uma amiga de muitos anos e ela sabia que eu estava fazendo música, mas não sabia tão bem porque a coisa ainda era amadora. A gente foi conversando, falando sobre a vida, aí ela pediu para ver um som meu e eu mostrei o Ensaio sobre a cegueira. Quando ela viu algo melhor produzido, com corpo, gostou e levou para as meninas do projeto. Foi assim que cheguei ao Entrelace sendo o cantor piloto”, conta o artista, para quem esse foi o ponta pé inicial em algo que está mudando a sua vida.

Mudando tanto que agora ele vai se apresentar não só para as câmeras como para uma platéia. Diogo Mirandela é atração desta sexta-feira na Casa Naara, no Rio de Janeiro:

“Será um show de 20 canções, 12 minhas e mais outras de outros compositores. Subirei ao palco com mais dois músicos. Esse é meu primeiro show autoral. Não costumo fazer muitas apresentações à noite porque eu ainda trabalho com fotografia. Estou montando meu show agora, espero que a partir deste eu comece a tocar mais na noite”.

Serviço:

Local: Casa Naara: Rua Teófilo Otoni 134, Centro
Dia: 7 de junho (sexta-feira)
Horário: Às 19h
Valor:Contribuição voluntária
Contato: 97399-0642
Classificação Livre

APOIO-SITE-PICPAY

Lídia Michelle Azevedo

Formada em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ, em 2009, já passou pelas redações do Jornal dos Sports, Assessoria de Imprensa do IBDD (Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiencia) Revista Ferroviária, Expresso, Extra, Canal A e atualmente está na assessoria de comunicação da Fundação Cecierj.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.