Ações trabalhistas denunciando racismo crescem 11% em 2020, aponta levantamento

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Um levantamento realizado pela  Data Lawyer, empresa de dados estatísticos jurídicos e inteligência artificial, revela que o número de causas trabalhistas denunciando racismo no ambiente de trabalho cresceu 11% em 2020, quando comparado ao ano anterior. No total, foram cerca de 1.900 ações protocoladas na Justiça.

Empresas de call center e restaurantes lideram o ranking de ações por racismo no trabalho, o valor inicial das causas ultrapassa R$ 402 milhões.

São Paulo lidera o ranking em número de processos registrados, foram 672 casos. O Rio Grande do Sul vem em segundo lugar com 237 ações e Minas Gerais em terceiro, com 141.

De 2017 2020, a quantidade de processos rastreados no Brasil pelo sistema da empresa foi de 7.378.835. Destes, 7.179 processos continham o termo racismo citado em peças iniciais e decisões. A ferramenta de Data Lawyer tem 94% de assertividade.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.