Burkina Faso: Explosão matou mais de 60 no mercado de mineradores de ouro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Via Reuters

Uma pessoa foi detida e uma investigação foi aberta para determinar a causa de uma explosão que matou dezenas de pessoas em um local informal de mineração de ouro em Burkina Faso, disse uma fonte judicial nesta terça-feira. A explosão aconteceu na segunda-feira na comuna rural de Gbomblora, na província sudoeste de Poni, e a fonte judicial disse que o número de mortos na terça-feira foi de 63 mortos e 40 feridos.

Poços artesanais de mineração de ouro são vistos em um local de mineração perto de Dano, sul de Burkina Faso, 5 de maio de 2020. REUTERS/Moussa Bouboucari

A causa da explosão ainda não foi determinada. Ocorreu em um mercado para mineradores de ouro de pequena escala, disse a fonte, que pediu anonimato porque não estava autorizado a falar sobre o incidente. O mercado era adjacente ao local da mineração.

Leia também: Exército de Burkina Faso depõe presidente em mais um golpe no continente africano

“Nesse tipo de mercado, tudo é vendido e até mesmo produtos perigosos proibidos por lei, como cianeto e dinamite. Então teremos que buscar as causas nesse nível”, disse.

O dono da loja no centro da explosão foi preso e está sendo mantido para interrogatório, disse ele. O governador regional confirmou o incidente e a investigação em um comunicado e disse que as forças de segurança e os trabalhadores da saúde foram destacados para ajudar nos esforços de resgate. O local foi fechado até segunda ordem, disse ele.

Burkina Faso é o lar de algumas grandes minas de ouro administradas por empresas internacionais, mas também tem centenas de locais menores e informais que operam sem supervisão ou regulamentação.

Acidentes são frequentes nessas chamadas minas artesanais.

A televisão estatal transmitiu vídeo na segunda-feira mostrando corpos cobertos de lençóis no chão e jovens com ferimentos ensanguentados em gotejamentos em um hospital. A explosão derrubou barracos de lata sobre uma grande área e derrubou uma árvore.

“Havia corpos espalhados por toda parte. Foi uma explosão que conseguiu arrancar árvores e derrubar casas”, disse a fonte judicial, que visitou o local para avaliar os danos.

“Este é um local tradicional de garimpo de ouro. Os mineiros vêm de diferentes origens, muitos deslocados, do norte ou do leste. Eles revendem para intermediários em Gaoua”, disse Sansan Urbain Kambou, um líder local em Gbomblora.


 

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.