Taison é eleito melhor jogador da Ucrânia menos de um mês depois de sofrer racismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Após ser vítima de racismo, reagir contra a torcida do Dínamo de Kiev e ser expulso pelo árbitro, o atacante Taison, do Shakhtar Donestk, foi eleito o melhor jogador da Ucrânia na temporada 2019. Em seu perfil do Instagram, o atleta agradeceu a premiação e dedicou aos companheiros de clube e à família. “Primeiramente, eu agradeço a Deus por mais essa conquista! Toda a honra e glória devo a Ele! Esse prêmio dedico a minha família e aos meus amigos de longas datas! Nós juntos conquistamos tudo isso! E não posso deixar de agradecer também aos meus companheiros do Shakhtar, sem vocês eu não conseguiria”, afirmou. 

Taison é eleito melhor jogador da Ucrânia na temporada 2019 – Foto: Reprodução

Taison está na Ucrânia desde 2013 e na temporada 2019 marcou seis gols e deu assistência para outros 6. Ao todo, o atacante soma cinco títulos da liga nacional, cinco da Copa da Ucrânia e mais quatro da Supercopa.

Entenda

No último dia 10 de novembro, o atacante Taison se revoltou com a atitude dos torcedores e reagiu aos insultos racistas torcedores do time de Kiev, visitantes no estádio do Metalist, atual casa do Shakhtar. Os xingamentos foram direcionados aos jogadores brasileiros Taison e dentinho. Taison se revoltou em campo. Ele respondeu mostrando o dedo do meio, chutou a bola para longe e acabou expulso por isso. O atacante deixou o campo chorando pelo ocorrido. Dentinho, seu companheiro de time, também demonstrou revolta com a situação.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.