Bolsonaro diz não ter ‘medo do povo armado’ e editará mais decretos sobre armas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nesta quinta-feira (04), durante uma cerimônia de inauguração de um Centro Nacional de Treinamento de Atletismo em Cascavel (PR), o presidente Jair Bolsonaro comunicou que já na semana que vem editará mais ais três decretos sobre armas. Sem detalhar o conteúdo desses projetos, Bolsonaro acrescentou que não tem “medo do povo armado”:

Segundo o presidente, já há um acordo com os novos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP) e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) a votação de um projeto que dificulta a punição de militares por mortes ocorridas durante operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

Em 2 anos de governo Bolsonaro número de civis armados chegou a 1 milhão, 65% mais do que o acervo ativo de dezembro de 2018, que era de 697 mil.

O presidente Jair Bolsonaro participa de inauguração no Paraná Foto: Alan Santos/Presidência

A proposta, enviada pelo governo à Câmara em 2019, em relação a GLO, faz parte da lista de prioridades entregues por Bolsonaro a Lira e Pacheco durante uma reunião na quarta-feira.

Apesar do presidente tratar a votação do texto como certa, Pacheco afirmou, após a reunião de quarta-feira, que todas as sugestões terão que passar pelos colégios de líderes das duas Casas.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.